[ editar artigo]

Impactos ambientais, acessibilidade e automação residencial

Impactos ambientais, acessibilidade e automação residencial

 

Uma comunidade interessada em tecnologia é uma comunidade que pensa além, pessoas que querem trazer avanços ao mundo. E é impossível falar disso sem pensar em cada mudança diária que precisamos fazer, para hoje e para o futuro. Por esse motivo, precisamos debater sobre duas coisas importantes: sustentabilidade e acessibilidade. 

Nenhum mundo pode ser sustentável se não acolher toda a diversidade. Ao mesmo tempo, se o meio ambiente não se tornar uma prioridade para todos nós, muito em breve o planeta e as próximas gerações vão (continuar a) sofrer. Portanto, é preciso projetar serviços e ambientes acessíveis, com a consciência sobre as diferentes necessidades de cada ser humano. Agora um grande aliado para a acessibilidade e os impactos ambientais é a automação residencial. 

Como assim? Vamos lá que eu te explico!

Com uma casa inteligente, você pode programar o aparelho de ar-condicionado do ambiente para ser automaticamente desligado em determinado horário. Ou então, pode programar uma smart lâmpada para  diminuir a intensidade da luz à noite. E se como eu você for esquecida, com o próprio celular pode comandar para desligar tudo via Wi-Fi mesmo quando já saiu de casa e lembrou somente no caminho. Dessa forma, a automação se torna sustentável ajudando a evitar o consumo desnecessário de energia. 

Além de ajudar o meio ambiente com a diminuição de gastos de energia, essa tecnologia também facilita a vida de pessoas com deficiência - como já falei em outros textos aqui. Um local comandado por voz auxilia a autonomia e independência de muitos, desde a pessoa que utiliza cadeira de rodas até uma com deficiência visual. 

Investir em automação residencial torna o dia a dia mais prático e funcional, além de ajudar na preservação do planeta!  

Se você gostaria de saber mais sobre a importância da acessibilidade, comenta aqui para mais textos como este!

E lembre-se: automatize sua casa e também recicle o lixo. Por aqui já fazemos isso.

Comunidade Casa Inteligente
Maria Paula Vieira
Maria Paula Vieira Seguir

Primeira fotógrafa cadeirante a se consolidar no mercado artístico. Autora da exposição “Mães Invisíveis” que percorreu as linhas do metrô de São Paulo. Ainda carrega na bagagem a carreira de jornalista, criadora de conteúdo, modelo e atriz.

Ler conteúdo completo
Indicados para você