[ editar artigo]

Casa Inteligente - Economia e Praticidade


Em Home Office há quase dois anos (e com sinalização da empresa de que gostou da economia gerada com energia, papel, ligações telefônicas, limpeza, segurança e conservação), acredito que para mim esse é um "novo caminho e sem opção de retorno"...

Sou Engenheiro Eletricista, Analista de Sistemas e Professor Universitário, mas acreditem: fiquei estarrecido com a simplicidade de como podemos transformar nossa casa em uma casa inteligente, sem necessitar de nenhum desses conhecimentos que levei anos adquirindo em minha vida Acadêmica e Profissional.

É óbvio que para uma pessoa da Área Tecnológica é mais simples ainda compreender esse "Admirável Mundo Novo" das Casas Inteligentes, mas posso afirmar a vocês que, com certeza, com dispositivos como os fabricados pela Positivo e outras empresas do ramo, qualquer pessoa pode automatizar sua casa e tornar sua vida mais ágil, segura e produtiva, sem falar na economia de poder ligar e desligar aparelhos comuns, como um "ventilador de mesa ou de teto", lâmpadas esquecidas acesas em outro cômodo da casa ou até no jardim ou quintal, mesmo com nossas mãos ocupadas, carregando um objeto pesado...

Resolvi adentrar no mundo já conhecido das Casas Inteligentes (de muito ouvir falar, mas sem nenhum conhecimento prático!), comecei assistir vídeos sobre o assunto e cada vez mais fui me interessando pelo assunto. E, por incrível que pareça minha primeira aquisição foi, justamente, um par de lâmpadas inteligentes da Positivo, em seguida adquiri um dispositivo "echo" (Dispositivo de Inteligência Artificial que procura reconhecer e obedecer comandos de voz),  que em uma promoção na loja virtual da Amazon (BR) e um controle remoto universal infravermelho.

Assim, iniciei minha jornada pelo "Mundo das Casas Inteligentes", criei "rotinas" (e "cenas") para minhas lâmpadas acenderem mais fortes para poder ler livros, mais fracas para não agredir os olhos no meio da noite, mudarem de cor para criar um clima romântico...
Possuo um abajur no corredor que acende sozinho todos os dias ao "por do sol", diminui sua intensidade na madrugada (sem deixar o corredor totalmente escuro) e apaga sozinho todos os dias ao "nascer do sol"...

Quando quero assistir um filme em família, basta um comando de voz e as luzes se apagam, o Condicionador de Ar liga e a TV liga já em um provedor de "streamming"...
Só ficou faltando o fechamento automático das cortinas, mas isso também já está em meus planos.

Antes, eu tinha que sair de dentro de casa ir até minha garagem pra ligar e, pior, pra desligar (tarde da noite) as lâmpadas externas...
Se esquecesse, as luzes ficavam acesas à noite toda, sem necessidade, até que no dia seguinte alguém percebesse o desperdício de energia e de dinheiro.

Hoje, as luzes da minha garagem e quintal acendem sozinhas ao "anoitecer" e desligam em torno das 23:00h, quanto normalmente todos já chegaram em casa.

Minha mãe, idosa de 78 anos, pode ligar, aumentar e diminuir o volume ou desligar a TV, ligar, desligar ou regular a temperatura do  Ar condicionado, sem precisar levantar da cama e conseguimos ver e falar com quem está tocando o interfone, antes de irmos atender uma entrega da farmácia, dos correios ou de e-commerce.

E, assim, minha vida trabalhando de casa, ficou mais prática e econômica!

Bem, nesse primeiro "post" nesta comunidade, gostaria de deixar meu Muito Obrigado a empresas como  a Positivo, Amazon e a Google que, dentre muitas outras, tem nos permitido essa evolução na qualidade de vida!

Espero ter ajudado alguns, inspirado outros e, em breve, poder estar publicando textos mais interessantes, por aqui novamente.

Comunidade Casa Inteligente
Diógenes Cerqueira
Diógenes Cerqueira Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você