[ editar artigo]

Meu projeto de automação residencial. Controlando a iluminação remotamente gastando pouco.

Meu projeto de automação residencial. Controlando a iluminação remotamente gastando pouco.

Em 2015 eu visitei uma casa autônoma para uma gravação de uma matéria para o programa que eu trabalhava e fiquei encantado com a possibilidade de programar tarefas e controlar a casa com comando de voz. Saí daquela casa tentando imaginar o quanto eu teria que investir para ter uma casa smart.

Em 2015 ter uma casa assim até poderia ser caro, mas hoje em dia com os avanços tecnológicos, podemos ter uma casa controlada remotamente gastando pouco.

 

Vou te contar como foi comigo.

 

No meu aniversário de 2020 eu ganhei uma Echo Dot, aquela assistente virtual da Amazon. Desde então eu comecei o meu projeto de automação residencial.

 

A primeira etapa foi controlar as lampadas através de comando de voz e aplicativo, para isso eu comprei 2 lampadas smart, uma para o meu quarto e outra para escritório. 

Encontrei essas lampadas facilmente na internet por menos de R$100,00.

 

Eu pensava que a instalação seria complicada e que eu teria que mudar toda fiação, mas precisei somente substituir as lampadas convencionais pela lampada smart e fazer a conexão com a minha rede wi-fi via aplicativo.

 

Como eu moro em apartamento pequeno e trabalhando em home office, era um costume terminar o meu trabalho, sair do escritório e esquecer a lampada ligada.

Para acabar com esse gasto de energia elétrica desnecessário eu programei a lampada do escritório para desligar às 19h, que é meu horário de término de expediente.

 

Depois dessa automação nunca mais precisei me preocupar com a lampada ligada e isso me gerou uma boa economia na conta de luz, ainda mais agora que a conta de luz está cada vez mais cara.

 

Outro benefício que a lampada smart me trouxe foi o ajuste de cor.

Como as lampadas da Positivo são RGB, você pode mudar a cor e ajustar a intensidade através do aplicativo, então eu programei a lampada do quarto para ligar às 07h na cor branca e a noite mais amarelada, deixando o ambiente mais agradável.

 

Essa foi só a primeira etapa da transformação da minha smart home, mas já tenho a tomada smart que controla o bebedouro dos gatos, o controle infravermelho que fez eu aposentar o controle remoto convencional. 

 

Então se você quer que eu comente aqui sobre os outros itens que eu uso para controlar a minha casa, escreve aqui nos comentários que eu preparo um post especial.

 

Até o próximo post, tchau tchau.

 

Comunidade Casa Inteligente
Fernando Jobs
Fernando Jobs Seguir

Eu sou o Fernando Jobs, especialista em tecnologia, integrante do time de influenciadores da Me Poupe!, maior canal de finanças da internet e colunista do programa Entre Família da TV Novo Tempo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você