[ editar artigo]

Eu sou o Homem de Ferro!

Eu sou o Homem de Ferro!

Eu sou um amante de filmes. Quem acompanha o Apê do Digo (https://www.instagram.com/apedodigo/) sabe! Tenho mais de mil na coleção! Mas nem precisa ser tão fanático para viajar em filmes como Homem de Ferro, em que uma inteligência artificial responsiva, de nome J.A.R.V.I.S. conversa com o Tony Stark como se fosse uma pessoa comum ou em desenhos animados como Os Jetsons recheado de maravilhas futurísticas. Claro que ainda estamos longe desse tipo de tecnologia, mas já é possível ter um pouco de conforto e praticidade com os chamados dispositivos inteligentes. E não precisa ser nenhum super-herói “gênio, bilionário, playboy, filantropo” como o próprio Tony Stark se define, para tê-los. São várias possibilidades que vão desde luzes e tomadas inteligentes, até câmeras de vigilância e dispositivos como a Alexa da Amazon e o Google Nest Mini, que interagem com você, não como o J.A.R.V.I.S., claro, mas responde a perguntas, aciona aparelhos e até conta piadas. No início você fica empolgado com a novidade, é tipo brinquedo de adulto, sabe? Depois que você se acostuma, as funções se incorporam no seu dia a dia e você passa a fazer uso naturalmente.


Eu tenho alguns desses dispositivos e adoro. Quando chego em casa, por exemplo, já aviso ao Google Nest Mini que “cheguei”. Ela, pois a voz é feminina, me dá boas-vindas, fala a hora, a temperatura no momento e a previsão para a noite. Em seguida já é costume pedir para ela ligar a TV, o fascinante hábito que temos que deixar a TV ligada para nos “fazer cia”. Em dias de faxina, ou às vezes quando vou lavar louça e quero ouvir música, é só pedir para ela. O ato mais simples, porém, o mais incrível de tudo isso, seja na TV ou ouvindo música, é pedir para aumentar ou abaixar o volume com o comando de voz! Quem nunca precisou fazer isso exatamente no momento em que estava com a mão cheia de sabão? Simplicidade que transforma nossa rotina. E sair do ambiente e esquecer a luz acesa? É só pedir que ela apaga para você. Simples assim. E é importante dizer que esses dispositivos costumam ser elegantes, discretos e até decorativos. A Alexa, por exemplo tem vários modelos, do mais simples, até um com tela que acompanha o seu olhar. Parece mágica. É a tecnologia a serviço de todos os gostos e bolsos. Mas independente disso, quando você faz um pedido simples, como um timer para não esquecer uma receita no fogo, a sua vida nunca mais é a mesma e você se sente dentro de um filme!  

Só falta inventarem o robô terapeuta para ouvir nossos desabafos. Se bem que dependendo da conversa o Google até te "escuta" e ainda responde: “Não desanima! Deixa a tristeza pra lá!”

Bem-vindo ao futuro!

 

Imagens: Disney/Marvel/Divulgação e Hanna-Barbera/Dilvulgação

Comunidade Casa Inteligente
Rodrigo Pereira Nascimento
Rodrigo Pereira Nascimento Seguir

Olá! Me chamo Rodrigo Nascimento, sou publicitário e trabalho com atendimento ao público. Também sou o feliz morador do "Apê do Digo". Lá no Insta divido um pouco da minha rotina, além de paixões geeks e colecionísticas! Vejo vocês lá!

Ler conteúdo completo
Indicados para você